• PipaCrafts Handmade

Happy B-DAY dear A!


After several days of rain, a sky very overcast, gray and full of promising clouds, our much anticipated "Party Friday" brough blue sky, white clouds - fat and fluffy, yes, but no rain - to decorate the day we had especially prepared.

Our dear A celebrated her first birthday!

To our great regret, from 365 days, the 28th was the day chosen by A to wake up with temperature.

This is promising, I thought, already expecting the worst and equipping the changing bag with extra clothes, syrup, chamomile granules for teething, etc... and as the previous episode of temperature only happened once due to two new teeth, this time we assumed the problem was the same...

Between adventures to carry cakes and homemade desserts. decorations that needed lot of consideration as if it was a wedding and a mum - oh, yes, me! - with a very specific idea of that she had in mind and therefore rejected suggestions from every single good soul around her, we ended up with baby A's picnic table in the summerhouse with disposable dishes, uncontrolled balloons, banners and paper pompoms.

All in pale pink tones as the mum dictated.

The weather helped a lot and the huge garden at J, F and Z's house contributed to a fantastic afternoon despite the birthday girl not being at her best and staying with her day-to-day clothes instead of her "birthday wardrobe" bought on purpose for the occasion.

There were blankets and big cushions on the grass, tables and garden benches and everything in place for a snack-nearly-dinner picnic outdoors (or should I say a lunch-nearly-snack picnic?).

The celebration of my dear A's first year corresponded exactly to what I intended: A relaxed and happy environment, a dessert's table made with extreme love and determination, a pan with good home cooking, laughter and plenty of smiles.

Few people, but people who care, like and want to be there.

My dear A didn't blow out the candle, even with two attempts, so it turned out to be one of the balloons passing and catching the light from the 1 candle on top of the cake; she wanted, yes, to carving the cake with a plastic spoon, wanted to eat grass and wanted to share a piece of focaccia with Z, the most lovely and feminine dog Serra da Estrela breed that I've ever met!

Gratitude.

So I describe my feeling at the end of the day when we lay, the three of us, in bed with a house full of balloons, boxes with leftovers for cake, juices, paper plates and a handmade wood dollhouse.

I couldn't have asked for a better day, more peaceful and perfect for my little girl; impossible it is to thank more than ever by the presence, attention, care and dedication of all those who made it possible and that celebrated with us the first year of existence of our point of light, a little and catching soul with plenty of curiosity about the world and an amazing willpower to discover.

A year passes with incredible speed; one year turns our newborn babies into little babies and then make those little babies into a mix between big babies and a small child or the beginning of a toddler.

The transition is fantastic and almost surreal; we live with our small, bright and wonderful box of surprises without realizing how different she is from the first moment she touched our arms, our chest, since the first kiss, the first skin-to-skin, the first sight, living a feeling that is asked to last forever, day after day...

Everyday she changes, like us: We love her more, we live her more, we fall in love with her achievements, accomplishments and actions. More and more and more.

Because she is the best of us.

Happy birthday, precious A!

Depois de vários dias de chuva, céu muito coberto, cinzento e carregado de nuvens prometedoras, a nossa tão esperada "Sexta-feira de festa" trouxe céu azul, nuvens brancas – gordas e fofas, sim, mas sem chuva – para decorar o dia especial que tínhamos preparado.

A nossa querida A celebrou o seu primeiro aniversário!

Para nosso grande pesar, entre 365 dias, o dia 28 foi o dia escolhido para acordar com febre.

Isto promete, pensei eu, já esperando o pior e equipando a mala com roupa extra, xarope, granulado de camomila para as dores de dentes, etc… e como o episódio das febres altas só aconteceu uma vez e a causa estava em dois novos dentes, desta vez assumimos que se tratasse do mesmo...

Entre aventuras de transportar bolos e doces feitos em casa, decorações que precisaram de muita ponderação como se de um casamento se tratasse e uma mãe – ah, sim, eu! – com uma ideia muito específica e por isso rejeitava as sugestões das boas alminhas que a rodeavam, acabámos com a mesa do picnic da baby A na summerhouse com louça descartável, balões descontrolados, bandeirolas e pompoms de papel.

Tudo no tom pale pink conforme a mãe galinha ditara.

O tempo ajudou imenso e o enorme jardim dos amigos J, F e Z contribuiu para uma tarde fantástica apesar de a aniversariante não estar nos seus melhores dias e ter acabado por ficar com a roupa de dia-a-dia em vez da roupa “de aniversário” comprada de propósito para a ocasião.

Havia mantas no chão, almofadões, mesas e bancos de jardim e tudo a postos para um picnic com lanche ajantarado ao ar livre (ou terá sido um almoço alancharado?).

A celebração do primeiro ano de vida da minha querida A correspondeu exatamente ao que pretendia: Um ambiente descontraído e feliz, uma mesinha de doces feita com amor extremo e determinação, uma panela com boa comida caseira, risos e sorrisos.

Pouca gente, mas gente que cuida, gosta e quer estar presente.

A minha querida A não quis apagar a vela, mesmo com duas tentativas feitas, pelo que acabou por ser um dos balões a passar de rajada e apanhar o luminoso 1 no topo do bolo; quis, sim, trinchar o bolo com uma colher de plástico, quis comer relva e quis partilhar um pedaço de focaccia com a Z, uma serra da estrela do mais ternurento e feminino que já conheci num cão!

Gratidão.

Assim descrevo o meu sentimento no final do dia quando nos deitámos os três com a casa cheia de balões, caixas com resto de bolos, sumos, pratos de papel e uma casinha de bonecas em madeira e feita por encomenda. Não poderia ter pedido dia melhor, mais pacífico e mais perfeito para a minha menina; impossível agradecer mais do que já agradeci pela presença, atenção, carinho e dedicação de todos aqueles que fizeram questão de celebrar connosco o primeiro ano de existência deste nosso ponto de luz, a pequenina alma contagiada de vida, de curiosidade pelo mundo e força de vontade por descobrir.

Um ano passa com uma velocidade incrível; um ano transforma o nosso bebé recém-nascido num bebé pequenino para depois tornar esse bebé numa mistura de bebé grande com o princípio de uma criança pequenina.

A transição é fantástica e quase surreal; convivemos com a nossa pequena, brilhante e maravilhosa caixinha de surpresas sem nos apercebermos de quão diferente está desde o primeiro momento em que nos tocou nos braços, no peito, desde o primeiro beijo, desde o primeiro skin-to-skin, desde o primeiro olhar, vivendo uma sensação que se pede, todos os dias, para que dure para sempre…

Todos os dias muda, assim como nós: Amamo-la mais, vivemo-la mais, apaixonamo-nos pelos seus feitos, conquistas e ações. Mais e mais e mais.

Porque ela é o melhor de nós.

Feliz Aniversário, preciosa A!

#Blogpost #Firstbirthday #babygirl #babylife #beingamum #somethingspecial #homemade #HandmadewithLove #birthdayparty #gratefulforthehappiness

Get The Newsletter!
JOIN PIPACRAFTS ON
  • PipaCrafts on Instagram
  • PipaCrafts on Facebook
  • PipaCrafts on Pinterest
  • PipaCrafts on Youtube

©2020  PIPACRAFTS     |     pipacrafts@gmail.com     |     United Kingdom     |     You can read the PRIVACY NOTICE here.